28 de ago de 2009

Distância

Bom dia! Meio triste,
mas no meio peito
teu amor persiste,
essa vontade de te ter
em mim não desiste.
É como água das montanhas,
que percorre vale imenso,
da terra varre as entranhas
trazendo alegria,
fazendo da vida uma façanha.
Apesar da distancia
nosso amor é constância,
tem de verdade a sanha
de não ter qualquer limite,
pois sorriso igual ao teu não existe!

(Para Crsitiane)

Nenhum comentário:

Postar um comentário