5 de set de 2009

Gesto Mínimo

Tum! Tum! Tum!
Acelerado coração
bate, bate por ti
e pelo fim da tarde, a noite
onde os enamorados ardem
de vontade de se ter!
Em nome só de um,
somente um beijo,
a estrada atravessar
deles é o desejo.
Cada gesto mínimo
traz de volta um afago
um doce mimo,
o cheiro das coxas
roçando loucas,
o homem sente a moça,
e ela a desfalecer tonta
de prazer beija-o a boca!
Tudo num relâmpago
de breve pensar
faz o menor músculo retesar,
e faz de amor as bochechas
arderem e corar!

(Para Cristiane)

Nenhum comentário:

Postar um comentário