23 de set de 2009

Moça de Minas a sambar

Eu malandro carioca
estou aqui ainda a estudar
e minha moça de minas vai sambar!
Mas ela já fez o dever de casa,
vai como uma patota animada
ouvir a cuíca cantar.

Fico ouvindo a professora falar
mas meu pensamento nela está,
no seu gingado branquinho,
na pista a deslizar seus quadris
de como minhas mãos febris
adoram neles tocar.

Nesse samba não vou estar
mas pertence a mim o melhor lugar,
minha breve poesia faz vibrar,
minhas palavras são o refrão
do seu coração de samba
por mim a requebrar!

(Para Cristiane)

Nenhum comentário:

Postar um comentário